Analisar informações da concorrência, do setor em que está inserido e do mercado, é parte integrante da operação de qualquer negócio. Tradicionalmente, esse tipo de análise foi denominada “Inteligência de Mercado”. Nos últimos anos, no entanto, a prática de coleta de Inteligência de Mercado se expandiu para incluir muitas outras análises, com dados de redes sociais e econometria, que podem ajudar a expandir um modelo de negócios em um mundo cada vez mais globalizado. E mais recentemente, Inteligência Artificial e Machine Learning vem sendo usados para encontrar padrões e fazer projeções. Mas você sabe O Que Faz um Analista de Inteligência de Mercado? Então acompanhe este artigo!

Em sua essência, a Inteligência de Mercado utiliza múltiplas fontes de informação para criar uma visão ampla do mercado, dos clientes, dos problemas, da concorrência, da economia e do potencial de crescimento da empresa para novos produtos e serviços. As fontes de dados brutos para essa análise incluem registros de vendas, pesquisas, mídias sociais, dados macroeconômicos, entre muitos outros.

Muitas empresas usam Inteligência de Mercado para colocar sua inteligência de negócios (Business Intelligence) em contexto. Em geral, Business Intelligence refere-se a um conjunto de informações e análises sobre clientes e linhas de produtos, como quantos produtos foram enviados, o número total de vendas em um mês e outras transações que ocorrem dentro de um negócio. Em contraste, a Inteligência de Mercado se concentra em classes específicas de clientes, incluindo informações demográficas, geográficas e econômicas, e todas elas podem ajudar a contextualizar uma análise de Business Intelligence. Mas uma das principais vantagens da Inteligência de Mercado é analisar os cenários micro e macroeconômicos, permitindo que a empresa faça projeções muito mais sólidas e realistas.

Objetivos e Processo

A Inteligência de Mercado bem-sucedida responde a perguntas concretas sobre clientes e concorrentes, atuais e potenciais, e ajuda a empresa a determinar metas internas. As perguntas que a Inteligência de Mercado pode abordar incluem:

  • – Onde a empresa deve dedicar mais recursos?
  • – Quais mercados deve tentar explorar?
  • – Como mudanças na economia podem alterar o padrão de compra dos nossos clientes?
  • – Quais produtos podem ser negociados de forma cruzada para os clientes existentes?
  • – Em que segmentos demográficos a empresa pode impulsionar produtos novos e existentes?

 

Embora não haja um plano definido de como as empresas devem coletar Inteligência de Mercado, muitas delas realizam várias formas de análise de alto nível. Curiosamente, as empresas muitas vezes esquecem que os clientes são uma fonte potencial de dados e as empresas podem configurar processos para manter as listas de clientes e algum tipo de programa de feedback do cliente para coletar a inteligência de maneira eficaz e em grande medida econômica.

Pesquisas na Internet, insights de equipes de vendas e entrega, associações industriais e órgãos governamentais também são fontes potenciais de boas informações. Se os proprietários de pequenas empresas quiserem reunir seus próprios dados de pesquisa de mercado, eles também poderão considerar o uso de ferramentas de pesquisa online, como o SurveyMonkey. Isso pode ser uma abordagem útil, especialmente se as listas de clientes forem mantidas de forma eficaz.

Sites de comércio eletrônico também oferecem fonte rica de dados. As empresas podem olhar para a jornada do cliente através do site. “Quantas pessoas chegam e de onde? Qual é o próximo passo depois de chegarem? Quantas chegam até a cesta de compras? Quantas vezes a página de um produto recebe cliques?”. Procurando por padrões e testando diferentes conteúdos, slogans, imagens de sinalização e promoções, o uso de Inteligência de Mercado pode melhorar as ofertas e consequentemente aumentar as vendas.

Se a empresa estiver atenta ao fato que os dados são o novo petróleo, poderá contratar um Analista de Inteligência de Mercado. Como especialista, o analista pode desenvolver uma imagem mais sutil do mercado, comunicando-se com fabricantes, distribuidores, clientes e outros envolvidos na criação e distribuição de produtos de uma empresa. Esse tipo de diálogo, juntamente com dados concretos, pesquisa de marketing e análise econômica, compõe a maioria da Inteligência de Mercado de uma empresa.

Depois que essas informações são processadas, as empresas podem usá-las para tomar decisões importantes, incluindo a determinação de oportunidades de mercado e a criação de métricas de desenvolvimento de mercado.

Ferramentas de Inteligência de Mercado

Manter o controle de todas as informações incluídas na Inteligência de Mercado pode se tornar demorado para as muitas empresas. Muitas ferramentas existem para ajudar a coletar, analisar e armazenar a Inteligência de Mercado, através de análises.

Embora um indivíduo possa lidar com grande parte do trabalho de Inteligência de mercado de uma pequena empresa, à medida que a empresa cresce, você pode enfrentar novos desafios dedicando tempo suficiente à inteligência. À medida que a quantidade de dados aumenta, pode ser necessário usar ferramentas estatísticas e tecnologias mais complexas para manipular e analisar os dados. Se a empresa não estiver preparada para capacitar seus colaboradores chave em um pacote de software ou contratar um analista interno, um especialista terceirizado poderá ajudar a empresa a aproveitar ao máximo sua Inteligência de Mercado.

Principais Tarefas de um Analista de Inteligência de Mercado

Entre as principais tarefas de um Analista de Inteligência de Mercado, podemos incluir:

  • – Avaliar e analisar concorrentes.
  • – Realizar pesquisas de mercado para percepções de comportamento do comprador e dinâmica do mercado.
  • – Realizar atividades primárias de pesquisa de mercado.
  • – Analisar finanças, marketing, preços e táticas de vendas.
  • – Treinar e atualizar os funcionários sobre ofertas de competidores, preços e posicionamento de marketing.
  • – Analisar os cenários micro e macroeconômicos.
  • – Analisar os dados do mercado e dos concorrentes para descobrir oportunidades de mercado e abordar questões de negócios.
  • – Fazer projeções.
  • – Analisar e classificar dados de clientes e pesquisas.
  • – Reunir, analisar e classificar as informações dos concorrentes.
  • – Desenvolver uma compreensão unificada do mercado para os produtos de cada cliente.

 

Mantendo o compromisso de oferecer somente cursos de alto nível, a Data Science Academy oferece a Formação: Formação Analista de Inteligência de Mercado, um programa completo. Clique no link abaixo e confira:

Formação Analista de Inteligência de Mercado

 

Equipe DSA